Chargeback
Estorno √© o retorno de fundos ao consumidor, atrav√©s de um erro indevido da institui√ß√£o debitante. Tamb√©m pode ser denominado estorno quando uma pessoa devolve para o banco um dinheiro que n√£o √© dela ou at√© mesmo em casos de roubo ou clonagem de informa√ß√Ķes.
Com as criptomoedas, o cenário é diferente. Todo este procedimento se torna ainda mais seguro.

Chargeback com criptomoedas

As criptomoedas resolvem um grande problema de chargeback por erros, fraudes ou outras situa√ß√Ķes gra√ßas a Blockchain.
Quando um pagador realiza o envio de Bitcoin ou outra criptomoeda para efetivar um pagamento, ele é transmitido e bloqueado na blockchain, um sistema descentralizado que registra e armazena esta transação até ela ser confirmada por ambas as partes.
Este procedimento não exige um intermediário, como uma instituição, pessoa ou computador. O envio depende apenas dessa rede e depois de concluída a transação, não há como revertê-la. Isso garante a segurança do envio dos fundos.
Isso ocorre de maneira proposital, j√° que o Bitcoin foi projetado, em parte, para funcionar como um dinheiro virtual, em que as transa√ß√Ķes s√£o permanentes e dif√≠ceis ou imposs√≠veis de rastrear. Isso tamb√©m √© utilizado em outras criptomoedas, mesmo as stablecoins que, por fixarem seu valor em uma moeda existente, como o d√≥lar americano ou qualquer outro ativo, evitam as flutua√ß√Ķes de pre√ßo.
Simulação do fluxo de envio da criptomoeda
Repare a imagem acima, onde ilustramos o envio de criptomoedas na Blockchain para um pagamento.
Repare que a √ļnica identifica√ß√£o que temos para processar o pagamento √© um c√≥digo complexo criptografado, que √© o endere√ßo da carteira de onde sai os fundos da criptomoeda. Por isso, quando um envio de fundos √© realizado, n√≥s da Bancryp n√£o sabemos quem √© o cliente pagador, ele √© identificado apenas por voc√™.
Não existe uma base dados ou alguma instituição que detém o controle da carteira e dos fundos do pagador e por isso ela não pode ser contestada a Bancryp.
Uma vez que os fundos sejam enviados n√£o podem ser mais devolvidos sem que o recebedor envie por espont√Ęnea vontade.

Posso realizar um estorno de um pagamento?

Sim, voc√™ pode realizar devolu√ß√Ķes aos seus clientes.
Já que você oferta produtos e serviços você está propenso a políticas de troca, desistências entre outros. E para casos assim nós recomendamos que você crie a sua política de devolução de pagamentos considerando alguns fatores:
  • Se voc√™ mant√©m os fundos da criptomoeda voc√™ pode considerar devolver a quantidade de fundos mas atente-se porque um envio de fundos para outra carteira ser√£o cobradas taxas de minera√ß√£o da criptomoeda.
  • Se voc√™ optou em receber em Reais considere que voc√™ n√£o detem mais a quantidade de criptomoedas recebidas e sim o valor em Reais da compra. Recomendamos que a sua pol√≠tica de devolu√ß√£o considere o envio do dinheiro ou de outra forma que o compense com o valor da compra.
  • Se voc√™ optar em realizar o estorno de um pagamento, voc√™ precisar√° solicitar ao cliente que ele informe o endere√ßo da criptomoeda onde voc√™ enviar√° a devolu√ß√£o dos fundos. A responsabilidade de informar o endere√ßo recebedor dos fundos deve ser de responsabilidade exclusiva do seu cliente.

Disputas de Pagamento na Bancryp

Pode acontecer disputas de pagamento na Bancryp somente em casos espec√≠ficos onde um Cliente Bancryp realiza um pagamento utilizando o nosso aplicativo e abre uma reclama√ß√£o e den√ļncia cr√≠tica.
Isso acontece porque o cliente não está realizando o envio dos fundos de Bitcoin utilizando a blockchain e sim uma transação interna entre contas.
Em casos como este será aberto um canal de comunicação com você e os fundos serão congelados até a resolução.
Nenhum estorno ou perda de fundos será realizada de forma automática ou sem a devida comunicação.
‚Äč
‚Äč
‚Äč